Os melhores conteúdos para a gestão empresarial

Economia, Finanças & Economia, Legislação e Contratos, Mercado Consumidor, Processos Corporativos, Relacionamento com Clientes, Seminário

Novo Cadastro Positivo: Como evitar cliente de alto risco e expandir a concessão de crédito

10 de maio de 2019

A expansão do crédito com redução da inadimplência tornou-se uma realidade.  No último dia 8 de abril foi sancionada a Lei Complementar 166/2019, que define as regras do novo Cadastro Positivo.

A expectativa do governo é de aumento nos próximos anos do saldo de crédito de 47% para 66% no PIB como efeito direto do novo Cadastro Positivo. A inadimplência, ainda em função da LC 166, poderá ser reduzida em 45%, enquanto que 22 milhões de novos consumidores deverão ser incorporados ao mercado de crédito.

A utilização correta e eficaz do Cadastro Positivo abre novos horizontes para instituições financeiras concederem empréstimos e para fornecedores e o comércio aumentarem com maior segurança suas vendas a crédito, para pessoas físicas e jurídicas.

As possibilidades do Cadastro Positivo precisam, entretanto, ser bem compreendidas, ainda como as suas restrições de uso. Em certas circunstâncias será suficiente saber interpretar a nota ou pontuação de crédito da pessoa física ou jurídica cadastrada. Em outras operações, será recomendável obter autorização prévia para conhecer detalhes do histórico do consumidor.

O Cadastro Positivo determina a inclusão automática de qualquer informação de todas as pessoas físicas e jurídicas a partir do pagamento, por exemplo, de uma conta de luz. Este universo deverá abranger aproximadamente 130 milhões de consumidores.

Participe deste Seminário InterNews e saiba como o novo Cadastro Positivo abre novos horizontes para a administração da carteira de clientes da sua empresa ou instituição financeira. Conheça e esclareça as suas dúvidas sobre as novas normas. Saiba como definir as condições de crédito para os seus clientes e como melhor identificar potenciais riscos.

PROGRAMA

8h00 – Credenciamento

8h30 – O Cadastro Positivo na concessão de crédito às pessoas físicas

Leila Martins
Diretora de dados da Serasa, com longa experiência em data management e data governance, além de profundo conhecimento sobre o ambiente regulatório.

9h50 – Coffee break

10h10 – Impacto das novas regras sobre o crédito às pessoas jurídicas

Elias Sfeir
Presidente executivo da Associação Nacional dos Bureaus de Crédito (ANBC). Atuou em conselhos de administração, presidência, desenvolvimento de novos negócios, planejamento estratégico, entre outros. Sua experiência inclui quatro anos de atividade nos Estados Unidos e vários trabalhos na América Latina, América do Norte, Europa e Ásia.

11h30 – Cadastro Positivo sob a ótica de Riscos

Luis Navarro
Sócio diretor da KPMG, na Área de Gestão de Riscos e Governança Corporativa.É pós-graduado em Corporate Finance pela University of Delaware. Com longa trajetória como auditor externo, consultor de mercado de capitais, controller, CFO e COO, em empresas como Embraer, Abyara, Time4Fun, Kellogg’s e PwC.

12h40 – Almoço

14h00 – Pontos que podem gerar polêmicas e como o Procon pode agir para proteger o consumidor

Marco Antonio Araujo Junior
Assessor-Chefe do Procon SP. Mestre em Direitos Difusos e Coletivos pela UNIMES, especialista em Direito das Novas Tecnologias pela Universidade Complutense de Madrid. Foi presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB/SP.  Autor e coordenador de várias obras na Editora Saraiva.

15h10 – Cadastro Positivo diante da Lei Geral de Proteção de Dados

  • Lei geral de proteção de dados
  • Responsabilidades, segurança e limites de utilização dos bancos de dados
  • Entendimentos do Judiciário

Milena Forio
Advogada associada de Opice Blum Advogados. Especializada em Direito Bancário Digital com sólida experiência no departamento jurídico de instituições financeiras, ocupando cargos de liderança em contencioso e consultoria jurídica.

16h30 – Coffee break

16h50 – A importância do Compliance diante do novo Cadastro Positivo

Emerson Melo
Sócio e diretor de Compliance e Regulatory Affairs da KPMG, com experiência em auditoria e consultoria nos setores público e privado. Participou de diversos projetos relacionados às seguintes metodologias: Conformidade Regulatória (avaliação e implementação de conformidade), auditoria interna, avaliação de riscos, avaliação de controles internos e avaliação de governança corporativa (incluindo suporte a compliance com a Lei Sarbanes-Oxley).

18h00 – Encerramento