Fintechs e varejistas: concessão de crédito sem intermediação de bancos
Os melhores conteúdos para a gestão empresarial

Finanças & Economia, Gestão Corporativa, Gestão Estratégica, Jurídico & Contratos, Legislação e Contratos, Mercado Consumidor, Processos Corporativos, Realizados, Relacionamento com Clientes, Seminário, T.I - Tecnologia da Informação, Vendas & Comercial

Fintechs e varejistas: como conceder crédito sem intermediação de Bancos

Passo a passo para a implementação das Resoluções 4656, 4657 e 4658 do BC

26 de julho de 2018

Para acessar o restante do conteúdo, digite a sua senha.

Recentes resoluções do Banco Central resultaram em uma inédita e histórica abertura do mercado de crédito. As Fintechs, empresas varejistas e emissores de cartão de crédito de marca própria não mais necessitam dos bancos para conceder empréstimos. Podem e devem se reorganizar para atender às demandas de crédito e atuar nesse novo nicho que possui forte potencial de lucratividade.

O número de Fintechs subiu de 54 para 485 nos últimos três anos, e a tendência é que este número aumente muito mais. Na esteira de inovações disruptivas e do interesse do Banco Central em fomentar a competitividade no mercado financeiro, as Fintechs, assim como os varejistas, agora tem a oportunidade de reconfigurar estratégias e planejar novas áreas promissoras de negócios.

Participe deste Seminário InterNews para saber eliminar a intermediação dos bancos na concessão de crédito aos seus clientes. Veja como adequar a sua Fintech, empresa de varejo ou cartão de crédito com marca própria às Resoluções do BC 4646, 4657 e 4658, de 26 de abril de 2018. Revolucione o relacionamento com o cliente e estruture sua operação financeira. Compreenda como uma empresa de varejo pode criar a sua própria Fintech e explorar o mercado de empréstimos.

Saiba como adequar, formalizar e operar nos modelos de Sociedade de Crédito Direto (SCD) e Sociedade de Empréstimo entre Pessoas (SEP), previstos na Resolução do BC 4656 . Compreenda as suas condicionantes jurídicas. Avalie, no caso de uma SCD, o repasse de carteiras de crédito através de operações securitizadas do tipo FIDCs.

Acompanhe um debate com os profissionais mais qualificados sobre a participação de empresas não financeiras na concessão de crédito, a concorrência com os bancos, os seus impactos nas taxas de juros e a expansão da atuação de Fintechs e varejistas.

PROGRAMA

8h30 – Credenciamento

9h00 – Condicionantes jurídicas das regulamentações de Fintechs

  • Resoluções 4.656, 4.657 e 4.658 do BC
  • As diferenças entre SCD e SEP
  • Como explorar legalmente as novas tendências do mercado financeiro.
  • A importância da segurança jurídica em ambiente digital

Bruno Balduccini
Sócio do escritório Pinheiro Neto Advogados com mestrado na Universidade de Boston. Atua em fusões e aquisições, direito financeiro e bancário, câmbio, mercado de capitais, direito societário, trade finance, seguro e resseguro, meios de pagamento e Fintechs

10h20 – Coffee break

10h40 – Desafios, perspectivas e o futuro das Fintechs

  • Adequação das empresas aos modelos SCD e SEP
  • Ponto de vista dos players: desafios do presente e do futuro
  • Definição da política de juros
  • Como explorar o mercado digital de crédito e lidar com risco de inadimplência
  • Como relacionar-se com o cliente e lidar com a concorrência dos bancos

Fabio Neufeld
CEO e cofundador da Kavod Lending, formado em Administração de Empresas pela FAAP e MBA em finanças pelo Insper. Tem mais de 16 anos de experiência no mercado financeiro em bancos como Santander, Rabobank e ItaúBBA, onde atuou com empresas dos segmentos Middle até Ultra Large Corporate

Daniel Gomes
Cofundador e CEO da Nexoos. Trabalhou no Itaú e na Rio Bravo, onde atuou com fusões e aquisições e Project Finance. Engenheiro elétrico pela Poli-USP e Mestre em Empreendedorismo e Tecnologia pela University College London

Andre Botelho Bastos
Cofundador e CFO da Rebel. Formado em Engenharia de Produção pela PUC-RJ, tem MBA em Logística e Supply Chain pela UFRJ e MBA em Negócios/Finança pela New York University. Iniciou a carreira como trainee da Johnson Wax e Shell, passou pela Venture Capital Ideiasnet e Investidas. Foi sócio da Ipanema Ventures, trabalhou no Valor Capital Group, em Nova York, passou pelo HSBC, Enova e Kraft Heinz, as duas últimas em Chicago.

12h40 – Almoço

14h00 – Tendências e perspectivas das Fintechs diante das recentes Resoluções do BC

  • Empresas de varejo podem adequar-se às atividades de Fintechs?
  • Quais possiblidades de negócio podem ser exploradas?
  • Como adequar sua empresa a explorar o mercado de crédito?

Boanerges Ramos Freire
Presidente da Boanerges & Cia. Consultoria em Varejo Financeiro desde 2001, 37 anos de atuação focada em varejo financeiro com mais de 170 projetos desenvolvidos. Atuou antes por 20 anos como executivo desse setor, como vice-presidente da Visa, diretor da CSU CardSystem, diretor da Credicard. Foi fundador e presidente do GSPP (Grupo Setorial de Pré-pagos, atual Pagos) e foi conselheiro independente da Smiles por 6 anos
.

15h20 – Fontes de recursos para financiar operações  de crédito

  • Viabilidade dos modelos: SCD e SEP
  • Securitização e Fidcs: como captar recursos
  • Custo de funding
  • Instituições Financeiras Light: o modelo de atuação às varejistas

Carlos Fagundes
Engenheiro e administrador com pós-graduação na Harvard Business School, é diretor da Integral Trust Serviços Financeiros. Foi presidente da Itaúleasing e da ABEL-Associação Brasileira de Empresas de Leasing. Foi vice-presidente financeiro (CFO) do Chase Manhattam Bank e da ABBC-Associação Brasileira de Bancos.

16h40 – Coffee break

17h00 – Impactos no ambiente de TI das Fintechs

  • Contabilidade
  • Obrigações
  • Cadastro Centralizado
  • Bloqueio Judicial
  • SCR
  • Central de Riscos
  • Relatório Bacen
  • Conta de Liquidação
  • TED, Docs e boletos
  • Portabilidade de Conta Salário

Diogo Meirelles
Head of Sales da Matera, tem mais de 18 anos de experiência em projetos inovadores envolvendo clientes do mercado financeiro, varejo e de pagamentos.

18h00 – Encerramento