Os melhores conteúdos para a gestão empresarial

Auditoria, Compras, Gestão Corporativa, Gestão Estratégica, Jurídico & Contratos, Legislação e Contratos, Mercado Consumidor, Processos Corporativos, Saúde, Seminário, Vendas & Comercial

DMI/OPME: Melhores Práticas de Gestão e Transparência

20 de junho de 2017

O mercado de Dispositivos Médicos Implantáveis (DMIs) movimentou no Brasil cerca de R$ 4 bilhões em 2015. Os gastos com DMI/OPME correspondem a cerca de 20% dos recursos advindos das internações e 10% dos sinistros das operadoras. Este importante mercado está, entretanto, marcado por diversas irregularidades em que o custo da corrupção é significativo. Estes fatores tornam premente a adoção de medidas que garantam a eficiência, transparência e qualidade na gestão da comercialização e utilização destes materiais e equipamentos.

Desvios de conduta na comercialização, política de precificação abusiva, inadequação na indicação clínica, inexistência de registro são algumas das irregularidades que impactam fortemente o sistema complementar de saúde.

Participe deste Seminário InterNews que as melhores práticas do ponto de vista da ética e da transparência visando o fortalecimento da gestão da cadeia de DMI/OPME. Veja como tornar sua instituição mais eficiente e blindada contra desvios, corrupção e desperdícios. Avalie como está o mercado neste momento e de que forma a judicialização ainda afeta o segmento de dispositivos médicos implantáveis. Conheça o que na prática a indústria está fazendo para melhorar a transparência do mercado. Analise uma experiência de sucesso de transparência hospitalar. Saiba como as denúncias de corrupção estão sendo tratadas do ponto de vista moral e jurídico. Reflita sobre como o modelo de remuneração DRG – Diagnosis Related Group – pode fortalecer a transparência na relação hospital-operadora.

PROGRAMA

8h30 – Credenciamento

9h00 – Cenários do mercado de Dispositivos Médicos Implantáveis no Brasil e no mundo

Wilson Resende Silva
Professor e Especialista em Saúde da GVSAÚDE – FGV
Mestre em Administração de Empresas FGV/SP e economista pela PUC/SP. Exerceu cargos de diretor de Finanças, diretor Comercial e Superintendente em empresas públicas e privadas. Consultor da FGV Projetos e Pesquisador Associado do GVsaúde. Professor e Coordenador Acadêmico de cursos do FGV in company e do FGV online. Professor do GVmed nos módulos de gestão e plano de negócios. Consultor na área de Gestão e Estratégia de hospitais, operadoras de planos e empresas do setor de saúde. Autor de livro e artigos sobre Planejamento Estratégico e Gestão.

Claudio Tafla
Médico, residência em Clínica Médica pela PUC-SP, com especialização em urgência e emergência, ATLS e ACLS (FMUSP). Foi professor do MBA de Gestão de Saúde da ABRAMGE – São Camilo e do Módulo de Saúde da BSP, além de ter integrado o Grupo de Saúde da FGV. Fez MBA em Gestão de Saúde e Serviços e cursos de Sistema de Saúde Pública e Privada na América Latina, em Harvard e Empreendedorismo na Babson University. Coordenou e desenvolveu programas e ferramentas de Tecnologia da Informação focados em Gestão de Saúde na Amil e Allianz. Até fevereiro de 2017, ocupou a Diretoria Médica da MAPFRE Saúde.

10h30 – Coffee break

10h50 – A judicialização no setor de saúde e seus impactos no segmento de DMIs

Teresa Gutierrez
Sócia responsável pela área regulatória e de direito da saúde da NUNES & SAWAYA ADVOGADOS
Graduada em Direito pela PUC/SP e em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Especialista em Direito Administrativo pela PUC/SP, Membro da Comissão de Defesa das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos da Ordem dos Advogados – Seção São Paulo, Membro do Grupo Legal Regulatório da Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP), Membro da Câmara Jurídica da Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (ABRAMED) e Secretária da Comissão de Estudos das Relações de Trabalho na Área da Saúde da Ordem dos Advogados de Brasil-Seção São Paulo.

12h00 – O aumento da transparência ao longo da cadeia de Dispositivos Médicos Implantáveis – Propostas em discussão e em andamento

Carlos Alberto Goulart
Presidente Executivo da ABIMED
Formado em engenharia eletrônica pela Universidade de Brasília, com MBA pela Duke University e extensão em Administração em Saúde pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo. Como diretor geral da Siemens Medical Solutions no Brasil, foi um dos responsáveis pelo crescimento da marca no mercado brasileiro. Com vasta experiência internacional principalmente na Alemanha e nos Estados Unidos, atualmente representa a ABIMED (Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde) como presidente executivo da entidade.

13h00 – Almoço

14h10 – Um modelo de sucesso em transparência hospitalar e seus resultados no combate à corrupção

Alberto Kaemmerer
Superintendente Médico e de Pós-Graduação do HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO DE PASSO FUNDO
Diretor Médico do Instituto do Câncer do Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo. Professor de Gestão em Saúde da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.

15h20 – Como estão sendo trabalhadas as denúncias de corrupção para eliminar a impunidade

Gláucio Pegurin Libório
Presidente do Conselho de Administração do INSTITUTO ÉTICA SAÚDE
Com mais de 20 anos atuando no ramo da saúde, é Engenheiro Químico formado pela UFRJ, com Pós-Graduação em Gestão Financeira pela Estácio de Sá. Possui Certificação Quality Engineer pela American Society for Quality Control – USA e Certificação Auditor Sistema de Gestão da Qualidade pela Associação Brasileira de Controle da Qualidade. Atualmente, é Vice – Presidente do Conselho de Administração da ABRAIDI – gestão 2014-2017. E Presidente do Conselho de Administração do INSTITUTO ÉTICA SAÚDE – gestão 2016-2017.

16h30 – Coffee break

16h50 – Eficácia e desafios do modelo DRG – Diagnosis Related Group – na relação hospital-operadora

André Alexandre Osmo
Médico e Consultor em Projetos de Saúde do HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS
Formado em Medicina, com mestrado e doutorado pela Faculdade de Medicina da USP, especialização em Administração de Serviços de Saúde pela Faculdade de Saúde Pública da USP e MBA pela FGV. É Ex-Diretor Executivo do Instituto Central e do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FMUSP, Ex-Diretor Técnico, Ex-Superintendente Comercial e de Marketing e atual Superintendente de Novos Negócios e de Projetos de Saúde do Hospital Sírio-Libanês.

18h00 – Encerramento