Negociações Sindicais - InterNews - Os melhores conteúdos para a gestão empresarial
Os melhores conteúdos para a gestão empresarial

Banking, Construção Civil, Gestão Corporativa, Gestão Estratégica, Infraestrutura, Processos Corporativos, Realizados, Recursos Humanos, Seminário

Negociações Sindicais

Perspectivas Trabalhistas e Econômicas que Influenciarão as Relações Sindicais no Próximo Biênio

21 de maio de 2015

DOWNLOAD

Para acessar o restante do conteúdo, digite a sua senha.


Caso tenha perdido ou esquecido a senha, envie um e-mail para
atendimento@internews.jor.br.

Os recentes protestos das centrais sindicais contra as mudanças na legislação trabalhista brasileira e as demissões crescentes que estão ocorrendo em segmentos importantes da indústria sugerem que os próximos anos poderão ser bastante conturbados no campo das relações sindicais.

Aliado a isso, o forte questionamento da sociedade sobre a deterioração dos fundamentos da economia do país e sobre a credibilidade política desgastada criam um cenário de instabilidade preocupante para as empresas, que estão reavaliando investimentos e refletindo sobre a necessidade de manutenção do seu capital humano frente à atual conjuntura.

Diante deste quadro, resta saber sobre qual patamar se darão as negociações entre os sindicatos (patronais e de trabalhadores) para o biênio 2015/2016? Será que os sindicatos de trabalhadores estarão dispostos a aceitar um “ano de passagem” sem conquistas?

Participe deste Seminário InterNews que reunirá especialistas e negociadores para melhor posicionar a sua empresa nas próximas negociações sindicais. Saiba quais são as estratégias que sindicatos de trabalhadores e patronais, assim como algumas empresas, estão delineando para o processo de negociações coletivas. Venha analisar a magnitude do ajuste econômico em curso, considerando os seus impactos sociais e trabalhistas, assim como as perspectivas de retomada econômica.

Programa

8h00 – Credenciamento

8h30 – Panorama da negociação coletiva para o ano de 2015

  • Análise SWOT (Forças – Fraquezas – Oportunidades – Ameaças).
  • Sobrevivência, Manutenção, Crescimento, Produtividade e Desenvolvimento.

Sólon Cunha
Sócio responsável pela área trabalhista de Machado Meyer Advogados, Professor Coordenador do Curso de Especialização de Liderança Sindical Empresarial da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas.

9h40 – Coffee Break

10h00 – MESA REDONDA: Recomposição salarial, reajuste e aumento real – serão possíveis em 2015?

Thaís Marzola Zara
Economista-chefe da Rosenberg Associados. Mestre em Teoria Econômica pela USP.

José Silvestre Prado de Oliveira
Coordenador de Relações Sindicais do DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística E Estudos Socioeconômicos. Pós-graduado em Economia e Gestão das Relações de Trabalho pela PUC-SP. Ingressou no DIEESE em 1982, e, desde 2008, é coordenador de relações sindicais da entidade.

11h20 – A visão das centrais sindicais no âmbito nacional

João Carlos Gonçalves (Juruna)
Secretário-Geral da Força Sindical e 2º Vice-Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes. Cursou sociologia na Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Trabalhou em diversas empresas tais como Petrobras, Semikron, Indústrias Villares e Frigor. Foi diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo por dois mandatos e presidente do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos).

12:30 – Almoço

13:30 – Um Olhar para o Futuro: Situação Brasileira no terreno das Relações de Trabalho

Jorge Cavalcanti Boucinhas Filho
Mestre e doutor em Direito do Trabalho pela USP. Pós-doutor pela Université de Nantes. Professor e pesquisador da FGV. Professor, coordenador e membro do Conselho Curador da Escola Superior de Advocacia da OAB/SP. Consultor da CNI. Conselheiro do CERT da FECOMERCIO.

14:40 – Como agir (ou reagir) quando sua Estratégia de Negociação Sindical falha – CASO PRÁTICO VOTORANTIM CIMENTOS

Meire Corrêa Fontes
Gerente de Relações Trabalhistas e Sindicais na Votorantim Cimentos S/A. Profissional com mais de 15 anos de experiência na área de Recursos Humanos e Relações Trabalhistas e Sindicais em empresas nacionais e multinacionais de grande porte dos segmentos químico, farmacêutico e cimenteiro/construção civil. Formada em Direito com pós-graduação em Gestão de Recursos Humanos e Clima Organizacional, MBA em Gestão Empresarial pela FGV e Gestão Executiva de Negócio pela Universidade Corporativa do Grupo Votorantim.

15:50 – Coffee Break

16:10 – MESA REDONDA: Propostas para modernização trabalhista sob o ponto de vista da negociação sindical

Pablo Rolim Carneiro
Advogado, especialista em relações do trabalho da CNI (Confederação Nacional da Indústria)

Eduardo Pastore
Advogado trabalhista empresarial, sócio da Pastore Advogados e Pastore Treinamentos. Consultor da CNI – Confederação Nacional da Indústria e Articulista no DCI – Diário Comercio Indústria na área de relações do trabalho.

Vicente Sevilha Junior
É fundador e diretor da Sevilha Contabilidade, prestadora de serviços na área contábil. Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade São Francisco, especializado em Política em Estratégia pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra. Especialista em Negócios de Alto Crescimento pela faculdade Babson College – Boston – Estados Unidos, e Mestre em Gestão da Qualidade pelo Latin American Quality Institute.

 17:40 – Encerramento